UESPI realizará curso de Educação em Direitos Humanos em Teresina e Campo Maior

Com o objetivo de consolidar as práticas educativas e emancipatórias relacionadas à educação em direitos humanos, a Universidade Estadual do Piauí, juntamente com o Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH-PI) e a Youth for Human Rights International (Juventude para os Direitos Humanos) – YHRI irá ofertar a estudantes, militantes de movimentos sociais, professores da educação básica e do ensino superior o curso de Educação em Direitos Humanos. Representantes das instituições promotoras e apoiadoras do curso finalizaram nesta segunda (08) a proposta de execução do curso de extensão, em reunião acontecida na Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários da UESPI, Campus Torquato Neto.

No encontro, foi apresentado o projeto pedagógico e o cronograma das atividades extensionistas. De acordo com o cronograma, o curso será iniciado no dia 26 de maio e se estenderá até 22 de julho, com a realização de palestras de especialistas e pesquisadores; mesas-redondas; estudos de caso e outras atividades. Os encontros serão quinzenais e divididos em 5 módulos, que englobam temas como Direitos Humanos e Juventude e Direitos Humanos e Diversidade.

“Um dos pontos importantes desse curso é o envolvimento de um bom número de instituições com anos de experiência na luta em favor dos direitos humanos, que trarão para os cursistas, conhecimentos necessários para uma melhor compreensão do que são os direitos humanos e como exigir sua aplicação”, disse Raimundo Sousa, representante da YHRI, organização Sul-Africana sem fins lucrativos que tem o propósito de ensinar aos jovens sobre os direitos humanos e inspirá-los a tornarem-se defensores da tolerância e da paz.

A representante do Centro de Defesa dos Direitos Humanos Nenzinha Machado, uma das 4 entidades apoiadoras do evento presentes na reunião, Maria de Lurdes Rocha, destacou a importância da educação em direitos humanos. “É extremamente necessário discutirmos sobre educação em direitos humanos porque vivemos um momento de muita violência, violência institucional, na rua, no dia a dia; o racismo, a homofobia”.

“Agradecemos o apoio da UESPI que é a instituição que desde 2004 mais deu possibilidade para educação em direitos humanos. O fato da universidade ser a que conta com maior número de campi dá a capilaridade que nós precisamos para levar essa importante discussão a um grande número de pessoas”, acrescentou Maria.

Campus Torquato e Heróis do Jenipapo receberão a programação

O curso de extensão será ofertado no Campus Torquato, em Teresina, e Heróis do Jenipapo, localizado em Campo Maior. Em ambos, serão ofertadas 100 vagas. Os interessados em participar deverão comparecer à Pró-Reitoria de Extensão da UESPI/Campus Torquato Neto (Bairro Pirajá, Zona Norte), entre os dias 15 e 24 deste mês, para efetuar inscrição.

Em Campo Maior as inscrições serão realizadas na diretoria do campus. O curso é totalmente gratuito. “Esse curso consolida o papel que a universidade vem desenvolvendo ao longo desses anos nas ações em prol dos direitos humanos, consolida essa perspectiva formativa que a UESPI vem trabalhando pensando nos agentes sociais, educativos, nos profissionais que atuam nas redes de atenção às pessoas dos mais diversos segmentos…”, disse o pró-reitor da PREX/UESPI, Raimundo Dutra.

A reunião envolveu UESPI e entidades locais, nacionais e internacionais defensoras dos direitos humanos

As atividades contarão com participação de representantes do Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos; do Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura e de membros das instituições parceiras: Instituto Samara Sena – ISENA; Associação Comunitária de Desenvolvimento Econômico, Cultural, Agrícola e Direitos Humanos – ACODE; Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Piauí – ACONTEPI e Centro de Referência LGBT “Raimundo Pereira”.

 

Fonte:
Por Wanderson Araújo
Assessoria de Comunicação – UESPI
ascom.uespi@gmail.com

Adicionar a favoritos link permanente.